2.19.2013

Medir o (in)sucesso: uma lição

É muito perceber a tónica do Bill Gates na análise objetiva do que funciona e do que não funciona, numa gestão eficiente dos recursos. 

Vale a pena ouvir com atenção e utilizar esta mensagem como uma metáfora da discussão sobre a reorganização do Estado. Preferia que fosse pensar a sociedade e não apenas o Estado mas talvez isso fosse pedir muito. 

Aqui fica.




Post a Comment