3.30.2011

O governo que só desgoverna

É nesta altura que o meu alerta de reactividade relativamente a governos tóxicos atinge o seu limite.

Muitos de vós ouviram falar do previsto aumentos dos montantes relativos aos ajustes directos. De acordo com o governo, o aumento das verbas é "absolutamente normal". Tendo a concordar. Seria absolutamente anormal que este governo acertasse uma em cheio.

Embora não tendo a certeza, há algo que me serena. Julgo que os gastos mais elevados terão passar pelo crivo do Tribunal de Contas. Tome-se isso por verdadeiro. Mesmo assim, é muito difícil aceitar que o governo tenha o descaramento para violar incessantemente a partilha colectiva de uma missão comum: poupar o mais possível e gastar pouco e bem para alcançar as metas estabelecidas.

Não é difícil perceber, portanto, que esta iniciativa abana brutalmente o sentimento de justiça das pessoas relativamente à gestão pública.
Post a Comment