5.11.2011

Pérolas para porcos - versão delicodoce

Dinheiro atirado (por um Governo de um estado sem capital) para a economia sem regra nem pudor, na sequência da crise internacional;

Subida de salários na administração pública em 2009;

Corte de 5% média nos salários na administração pública decididos em 2010;

No início do ano de 2011 o PM de então, José Sócrates, dizia que Portugal era o campeão do crescimento económico;

Em Maio do mesmo ano a CE, FMI e BCE emprestam 78 mil milhões de euros a Portugal.

Nem vou pormenorizar mais. Dói-me aqui dentro, acima da barriga e abaixo do pescoço.

Pérolas para porcos. Quem quer?
Post a Comment