4.07.2011

As verdades absolutas de Sócrates e a terapia

Li algures que Sócrates não aceitaria governar com FEEF/FMI, julgo que algures em NY quando foi comunicar na linguagem Bad English. Não estou certo mas julgo ter sido algo parecido. Bem, será que isso significava que agora é um ferveroso apoiante da governação com a ajuda externa?

Se a rejeitasse liminarmente, como é possível que continua candidato às próximas eleições? Estará ele disponível para governar com as medidas gravosas que serão aplicadas?

Para quem diz que não está grudado ao poder...Talvez seja super cola três colocada por marotice pelo Almeida Santos. Nunca se sabe! Os óculos que ele utiliza poderão disfarçar um ar de marotice que não é aparente.

De qualquer das maneiras, já estou a preparar um cadeirão à lá Freud para poder ter o candidato José Sócrates a narrar relaxadamente a sua história. No fundo, tenho muita simpatia pelas dificuldades ou problemas, talvez seja mais adequada, que ele apresenta.

As suas posições identitárias são particularmente interessantes, na medida em que há uma que come todas as pequenas irrupções de diversidade ao pequeno almoço. Acredito que poderei ter o Sócrates relaxado depois de fazer uma hipnose. Como não sei fazê-lo, talvez vá recorrer a um martelo pneumático. Mas não se preocupem, comprei um protector auricular para mim! Aquela porcaria faz um barulho do caneco! Para o Sócrates comprei uma bolha anti mudanças do mundo. Aquelas audiências internas, no âmbito da sua orquestra a duas notas e artistas, assim o exigem. Julgo que seria uma violência inarrável para o nosso Sócrates Jesus, ups, é Sócrates Sousa, passar por tal violência.

Portanto, digo-lhe Sócrates, estou aqui para apoiá-lo na resolução dos seus traços psicóticos e mais concretamente em toda a parafernália delirante. Não se preocupe com o preço. Já sabe que eu faço tudo pelo meu país! Ah, mas não me poderá vender dívida pública que tem aí guardada no mealheiro! Isso não vale, seu maroto!

Para terminar, durma descansado. Os gajos do FMI e FEEF não fazem barulho e fecham sempre a porta. É gente patriótica, que acredita no Tio Patinhas. Não se preocupe. Ups, adormeceu...

Durma bem. Que lindo, parece um docinho a durmir...Coisa mais querida o Sócrateszinho! Espero que não acorde! Tenho medo que venha contar, mais uma vez, que o Cristovão Colombo lhe deve 5 centavos e que a Mona Lisa enganou-o com o preço dos medicamentos para a esquizofrenia. E eu não estou com paciência para aturar o Zézinho outra vez com a mesma história! Apre!
Post a Comment