3.28.2011

Não sejas parvo

Ninguém terá justificação para se deixar passar por parvo. Quem estiver com problemas de memória poderá rever os conteúdos que a web disponibiliza. Basta procurar no Google.

Para outras questões mais graves, estarei disponível para a realização de consultas clínicas de Psicologia.

Prometo não utilizar o DSM para rotular a parvoíce, falta de memória ou incapacidade para realizar cognições saudáveis.

Cumpro a promessa de praticar preços inversamente proporcionais aos resultados da irresponsabilidade e incompetência do Primeiro Ministro demissionário.

Não aceito consultas com pessoas que falem Espanhol. Não possuo fluência suficiente da língua para o fazer.

Melhores cumprimentos,

Ricardo Almeida
Post a Comment