2.05.2011

Nunca desistir

A vida é, provavelmente, uma grande série de momentos duros inscritos num processo íngreme de procura de felicidade. Em alguns desses momentos as circunstâncias poderão conjugar-se para abanar as fundações do chão que pisamos. Trememos. Pensamos esconder-nos debaixo do alcatrão, no silêncio da inacção. Se o fizermos, a tristeza engole-nos e mascá-nos como tabaco bolorento. Se recusarmos a descida pela justificada ou injustificada decadência dos dias e da nossa tristeza, então poderemos pisar-nos com os tumultos que levamos às costas mas no fim teremos uma consciência serena e pacífica com as nossas nódoas. Nada mais complicado de fazer, nada mais imprescindível para ser feliz.
Post a Comment