12.06.2007

Liberdade

Porque é que é importante "ter" liberdade? O que é a liberdade? Para além (???) do constructo, o que significa estar livre nesta prisão do tempo? Que correntes são estas que amarram o meu olhar ao teu e nos impedem de "ser" livres? Como alcançar a liberdade senão pelas nossas meta narrativas? Que liberdade quando aprisiono um determinado espaço de inteligibilidade? A liberdade é de algodão: tão suave e quente que nos adormece. A liberdade é uma definição curiosa para justificarmos o individualismo. Será que somos menos livres quando viramos as costas uns aos outros? Porventura, seremos mais livres quanto mais livremente conseguirmos harmonizar a discussão entre as vozes que nos habitam: sem prisões preventivas, sem multas e encarceramentos. Apenas discussão, contradição, permissão, recusa, definição, imitação e diálogo. Sim, peço a tua liberdade para me libertar, sem pensar que necessitas da minha para o fazeres. Egoísmo da liberdade? Não te enganes, liberdade. Estive a falar de ti ao longo destas linhas. Agora, e digo preso a estas linhas que se cosem ao longo do meu corpo, sou livre. Amanhã também? Veremos.
Post a Comment